top of page

A Fênix de Fabergé

Atualizado: 28 de jul. de 2023

Ficha técnica

Autoras: Sue Hecker & Cassandra Gia

Páginas: 320

Tempo de leitura: 18 horas

Lido em: 24/07/2023

Livro físico

Ano: 2017

Sinopse:

Respeitável público, segure seu coração!

Kenya Adrikovna Gorkova é uma jovem e talentosa contorcionista que realiza suas apresentações na cidade de Manaus. Treinada pelo pai, um antigo domador de leões, ela cresceu solitária e nunca teve oportunidade de ir à escola ou fazer amigos. Quando um homem misterioso a contrata para três espetáculos únicos com o intuito de avaliá-la para uma futura proposta de trabalho, Kenya é surpreendida por sentimentos que só viu em livros de romance. Quem é esse homem? E por que a observa tão intensamente da plateia?

Aleksei Ivanovich Markov só tem um desejo: vingança.

Há alguns anos, um incêndio tirou a vida de seu pai e deixou marcas no corpo e na alma do jovem russo. Agora, ele tem um plano para punir a pessoa que devastou sua família – e Kenya pode ser o caminho. Aleksei não contava, entretanto, com o charme da bela ruiva, nem com o amor que surgiria entre os dois, uma relação que guarda tantas surpresas que pode levá-los ao êxtase ou à destruição.

Aleksei tem sede de vingança.

Kenya precisa se libertar de um pai abusivo.

Juntos, precisam descobrir como superar suas feridas para poderem construir uma nova história.

 
Resenha:

Olá a todos!

Hoje estou entusiasmada para compartilhar minha opinião sobre um livro nacional que me deixou maravilhada. "A Fênix de Fabergé", escrito pelas talentosas autoras Sue Hecker e Cassandra Gia, é uma obra que mergulha no fascinante mundo do circo e nos presenteia com uma história de amor que é simplesmente arrebatadora.

Publicado como e-book na Amazon e em físico pela Harlequin, esse livro é uma colaboração perfeita entre duas mentes criativas. Já conhecia o trabalho de Sue Hecker, tendo lido "Tutor", "O lado bom de ser traída" e "Pertinácia", obras que me encantaram, e agora, ao descobrir a escrita de Cassandra Gia, fui cativada pela forma como ambas entrelaçaram suas habilidades literárias.

A trama começa há dez anos, com uma tragédia que atinge o circo onde Aleksei trabalha. Esse evento marcante transforma a vida dele de maneira drástica, e com sede de vingança, Aleksei planeja usar Kenya, a filha do dono do circo, para alcançar seu objetivo.

Entretanto, o destino reserva surpresas e o coração de Aleksei é capturado pela encantadora contorcionista.

A história inicia com uma premissa instigante, e ao longo dos primeiros capítulos, eu já estava ansiosa para descobrir como esse relacionamento complexo se desenrolaria e como Kenya escaparia do controle opressor de seu pai.

A ambientação do circo é descrita com maestria pelas autoras, e durante a leitura, senti-me transportada para dentro do picadeiro, envolvida em toda a magia e mistério que permeiam esse universo. Fica evidente o esforço de pesquisa realizado pelas autoras, pois todos os detalhes do circo são retratados com riqueza, abordando as questões pertinentes e respondendo aos questionamentos que inevitavelmente surgem.

Em alguns momentos, talvez tenha sentido um leve desejo de que a trama fluísse de maneira mais dinâmica, mas, por outro lado, apreciei a atenção aos detalhes que enriqueceram a história.

Quanto aos personagens, não posso deixar de mencionar o quanto me encantei por Aleksei. Inicialmente, imaginei que ele seguiria o estereótipo do empresário frio e rígido, porém, à medida que o amor por Kenya floresce, ele se revela o mais romântico dos homens.

Outro personagem digno de destaque é o palhaço Bim Bom, um papel inesperado com o qual me apaixonei completamente.

Quanto a Kenya, a contorcionista reprimida pelo pai, seu processo de amadurecimento ao longo da história é intrigante. É importante notar que sua relação com o pai é complexa, visto que ele a manipula com falsas demonstrações de amor, mantendo-a sob controle e vítima de abuso psicológico. É um tema delicado, e, em alguns momentos, senti a vontade de intervir e sacudi-la para que enxergasse a realidade. Adric, o pai de Kenya, se torna um vilão assombroso, contribuindo para a intensidade emocional da narrativa.

Os personagens secundários, como Yuri e Lara, são fundamentais para a trama e surgem com frequência ao longo da história. Suas relações e histórias têm nuances que deixam em aberto a possibilidade de novos desenvolvimentos em futuros livros. Com certeza, estou ansiosa para descobrir o que o destino reserva para esses personagens cativantes.

A capa do livro é coerente com a história e retrata perfeitamente o casal protagonista, e embora eu não seja muito fã da capa, não posso deixar de elencar que ela faz jus a história.

A narrativa é dividida entre os pontos de vista de Kenya e Aleksei, com capítulos adicionais apresentando a visão de outros personagens.

E não posso deixar de mencionar a veia erótica tão característica das obras de Sue Hecker. A abordagem nesse livro foi surpreendente, com cenas quentes e ousadas que me deixaram boquiaberta. A imaginação de Sue certamente não tem limites, e algumas passagens me renderam risadas incrédulas e divertidas. Devo dizer que essa foi uma experiência única e inesquecível!

"A Fênix de Fabergé" é uma obra nacional que superou minhas expectativas. A ousadia das autoras em trazer o mundo do circo russo para a literatura romântica é admirável, e o cuidado dedicado à construção da história é notável.

Recomendo essa leitura para aqueles que desejam escapar dos clichês românticos habituais e se apaixonar por uma narrativa repleta de magia, personagens cativantes e uma pitada ousada de erotismo.

Bravo, "A Fênix de Fabergé"!

 
Avaliação:

Classificação: ★★★★☆ (4 estrelas)


"A Fênix de Fabergé" é, sem dúvida, um livro que merece ser elogiado. As autoras Sue Hecker e Cassandra Gia trouxeram ao público uma história envolvente, rica em detalhes e com personagens cativantes. A ambientação no mundo do circo e o romance apaixonante entre Aleksei e Kenya proporcionam uma leitura emocionante e única.

Entretanto, devo admitir que em alguns momentos a narrativa se mostrou previsível, o que quebrou um pouco a expectativa de surpresas e reviravoltas. Em uma obra que tem como base uma trama de vingança e mistério, a antecipação pode tirar um pouco do impacto de determinados acontecimentos. Seria interessante encontrar mais elementos imprevisíveis para manter o leitor em constante suspense.

Outro aspecto que merece atenção são as explicações em demasia. Embora aprecie o cuidado das autoras em detalhar o universo circense e os acontecimentos da história, em alguns momentos, a quantidade de informações pode se tornar excessiva, chegando a tornar a leitura um tanto maçante. Equilibrar a dosagem de explicações com a fluidez da trama poderia proporcionar uma experiência de leitura ainda mais envolvente.

No entanto, esses pequenos pontos não diminuem o brilho da obra. "A Fênix de Fabergé" é uma contribuição valiosa ao gênero literário, trazendo inovação e coragem ao apresentar um cenário pouco explorado, o mundo do circo. A construção dos personagens é admirável, e o crescimento deles ao longo da história é comovente. A ousadia e criatividade presentes nas cenas eróticas também são dignas de elogios, proporcionando momentos intensos e inesperados.

No geral, "A Fênix de Fabergé" é um livro que merece ser lido e apreciado. As autoras demonstraram talento em sua parceria, oferecendo uma história encantadora que se destaca entre os romances contemporâneos. É uma obra que honra a literatura nacional, e tenho certeza de que continuará a conquistar corações de leitores em todo o país.

Minhas reverências a essa magnífica obra e às autoras que a tornaram realidade.

Que "A Fênix de Fabergé" continue a brilhar intensamente no universo literário!

 

Gostou da resenha?

Não deixe de comentar e compartilhar comigo o que achou.

Caso já tenha lido o livro, divida comigo seu ponto de vista.

Quer ter o seu livro resenhado? Mande uma mensagem para combinarmos.


Adquira o livro em



Siga @jessicamilato e acompanhe novos posts.

15 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Verity

1件のコメント


Muito obrigada pela resenha! Você fez uma avaliação extremamente séria e coerente com as impressões que relatou a respeito da leitura que fez. Obrigada por enriquecer nossas reflexões rumo à melhoria em nosso aprendizado como "construtores de histórias".

いいね!
bottom of page