Buscar
  • Jéssica Milato

E agora, o que você vai fazer nesse novo mundo?


Por: R.S


Eu sei, você ainda tinha muito que percorrer para chegar lá, mas você estava evoluindo, mesmo que aos poucos, até que um dia, há pouco tempo atrás, você acordou e o mundo não era mais o mesmo...

O mundo parou como nos filmes de apocalipse e claro que você não consegue mais se manter focado, não consegue mais ter clareza pra decidir nada… É como se existisse uma trava… Não importa quanta força você coloque, a porta simplesmente não abre, a roda não gira, o carro continua atolado…

Maldita hora que esse inimigo invisível apareceu, você pensa.

Se você chegou até aqui, é possível que alguma ou todas as áreas da sua vida tenham entrado em colapso. Esse novo vilão tem um poder destrutivo maior do que imaginamos e como todo vírus ele se multiplica. Mas esse vírus tem um poder especial, ele se multiplica mesmo em quem não foi infectado por ele!

Esse vírus entra na sua mente e dia após dia vai te paralisando, te irritando, te deixando preocupado. E conforme as horas e os dias passam, você vai ficando cada vez mais e mais paralisado. "Meu deus, como deixei minha vida chegar a esse ponto? Olha como está a minha casa, a minha família, a minha empresa, o meu emprego? (ou possivelmente até a falta dele). Tudo que eu sonhava de repente foi por água abaixo..."

A essa altura, você já percebeu.

A dinâmica do mundo mudou. Mudou como se faz negócios, o jeito de trabalhar, de se relacionar, de curtir um show, de trocar carícias… Então preste atenção, pois você CERTAMENTE está cometendo um ou mais desses 4 ERROS FATAIS.


1) Você está tendo uma atitude destrutiva agindo baseado em um ou mais desses estados mentais: paralisado, super preocupado e/ou super irritado. 2) Você está focando nos problemas.

Vê, o nosso foco é a visão da mente. Se você é um piloto e dirige olhando pra pilha de pneu, só existe uma opção: você vai bater nos pneus. Então você precisa olhar pra pista. 3) Você está buscando soluções no passado.

Eu não te culpo. O nosso cérebro é treinado para fazer comparações e ele está tentando comparar esse momento com outra situação que já viveu. Mas assim como uma vacina de gripe não vai te salvar do coronavírus, uma solução do passado não vai te tirar da encrenca nesse momento. 4) Você tenta copiar impulsivamente o que as pessoas ao seu lado estão fazendo (consciência de manada)

Deixa eu te falar. A maioria das pessoas está batendo cabeça nesse momento. É como se você estivesse na escola, durante uma prova e fosse colar do pior aluno da classe. Ele não sabe o que está fazendo.


Agora você tem duas opções...


1) Não fazer nada. Achar bacana, legal, ficar sensibilizado com a minha história, até contar para alguém próximo, mas continuar igual, paralisado e ver sua vida a cada dia que passa sendo destruída por esse vírus.


2) A segunda é decidir que você vai virar o jogo.

Pra isso você vai ter que atravessar paredes. Você sabe atravessar paredes? É fácil, desde que você saiba onde está a porta, onde está a fechadura e qual a chave.


Não deixe você perder mais para tomar a atitude de mudar a sua vida.

Tenha fé que a sua existência vai premiar a sua nova luta.

Nós vamos passar por essa!





5 visualizações

VENHA FAZER HISTÓRIA

©2018 by VENHA FAZER HISTÓRIA.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now